Desenvolvimento e educação

Pontilhado, devo ou não utilizar este método?

Pontilhado, devo ou não utilizar este método?
Semana passada levantei a questão sobre o uso do pontilhado na educação infantil, esse tema levanta muitas dúvidas quanto a maneira de utilizar essa ferramenta em sala de aula, alguns consideram ultrapassado e outros eficientes, primeiramente vamos ver as opiniões de algumas leitoras, preservei os nomes e locais de ensino, deixando exposta o órgão mantenedor e suas opiniões.

Órgão mantenedor Qual a sua opinião quanto ao uso de pontilhado na educação infantil?
Municipal Acho terrível esse método.Não acrescenta em nada no conhecimento e aprendizagem . Não acredito que possa ajudar no desenvolvimento da coordenação motora da criança. Trabalhar com materiais concretos, além de ser mais prazeroso,da possibilidade da criança se movimentar e sentir seus movimentos.



Municipal Acredito que tem grande importância, mesmo sendo considerado um método tradicional é por meio dele acredito que desenvolve a habilidade da escrita nos pequeno, trabalho na educação infantil e no dia-a-dia percebo por exemplo as crianças cobrindo os nomes escritos nos crachás antes de transcrevê-los para a atividade.



ONG 
ou Filantrópica
Ótimo! pois ajuda muito na coordenação da criança! Quando não tem jeito de pontilhar a atividade, como nome da criança, dos pais etc, eu uso o lápis de cor. O pontilhado ajuda demais!



Municipal ACHO QUE NÃO HÁ NECESSIDADE DE USA-LOS TENDO EM VISTA QUE OS VÁRIOS TIPOS DE TRABALHOS LÚDICO SUPRE ESSA NECESSIDADE .
ALINHAVO POR EXEMPLO.
Municipal



Atualmente temos outros métodos para aprimorar a coordenação motora fina da criança de Educação Infantil sem usar os pontilhados. Na escola onde trabalho, usa-se:
– Fazer bolinhas de papel crepon para, posteriormente, usar em trabalhos artísticos;
– Fazer tiras de papel, rasgando-as com os dedos;
– Usar os dedos (movimentos de pinça) para fazer enfiagens (cordões, pulseiras); separar objetos misturados previamente;
– Enroscar e desenroscar as tampas em garrafas e potes diferentes;
– Fazer alinhavos
– Pintura no azulejo ou papel com os dedos, pinceis etc
– Desenho livre ou direcionado
– Modelagens com massinha
– Desenho com giz de quadro no chão
Essas são algumas das atividades utilizadas para aprimorar a coordenação motora fina das crianças da escola onde trabalho.
Um abraço.



Particular O Pontilhado na Educação Infantil, faz com que a criança tenha uma base daquilo que ele vai fazer a partir dai ele vai fazer sozinho.
Trabalho muito pedindo para minhas crianças imaginarem como é e a partir dai vou mostrando a a eles como faz e sempre elogio as conquista deles. Não trabalho com pontilhado, a escola diz que é tradicional. Mas como trabalhar a coordenação motora fina sem o pontilhado?
Cortar,rasgar,amassar….



Particular Olá bom dia. Sou psicopedagoga mas não trabalho em escola(infelizmente), mas vou contar de uma experiência minha com minha filha de 4 anos que nasceu prematura (6meses).Trabalho pontilhado com ela porque ela apresenta um pouco de atraso motor e tem dado resultado significativo na coordenação fina. Nas férias trabalhei bastante com ela e já estamos observando resultados.Espero ter ajudado porque embora não esteja em sala de aula, procuro alternativas para ajudar minha pequena na alfabetização. Abraços



Municipal Aqui em minha cidade o uso do pontilhado é extremamente proibido, porém não concordo com essa visão extremista. Aprendi com o pontilhado e em alguns momentos utilizo-o com meus alunos (escondido, é claro) e percebi que a maioria obteve um ótimo desenvolvimento, principalmente na escrita do nome. Acho que tudo o que contribui para o desenvolvimento da criança em todos os aspectos, deveria ser considerado.



ONG ou Filantrópica Sou favor, ele orienta e ajuda o aluno na coordenação da motricidade fina, atenção, concentração, percepção visual, firmeza e prensão do lápis…e muiiiiiiiiiiiiiito mais..
Municipal





O uso do pontilhado é muito importante nessa fase o que estimula na coordenação motora.

Municipal Eu uso pontilhado pra melhorar a coordenação sim, e ao longo do ano letivo vejo significativas melhoras em relação ao limite na pintura e na escrita.
Municipal



É de suma importância para desenvolver a coordenação fina.



Municipal Sou a favor, quando aplicado para crianças acima de 4 anos, não regularmente e que sejam em tamanho grande.





Municipal Oi, sou professora de educação infantil mas agora desempenho a função de coordenadora, sempre tive um pouco de receio quanto ao uso de atividades com pontilhado, pois as atividades que eram disponibilizadas para os professores (uma vez que as escolas de zona rural não tem muito acesso a muitos recursos) eram muito mecânicas repetitivas e enfadonhas, acho q todas as atividades, se bem planejadas e com um objetivo pedagógico claro, podem ser aplicadas para os pequenos ,cabe a nos professores sermos seletivos e cuidadosos quanto a seleção das atividades.



Municipal Já tive bastante experiências com o pontilhado, sem dúvida ele é útil sim. Porém mais de três vezes se torna mecânico. Então devemos saber variar ao montar uma atrocidade com pontilhados.



Particular Acho que apesar de muita gente achar tradicional eu acho um recurso valido apesar de compartilhar dessa duvida da minha colega.





Particular Na minha opinião o pontilhado serve como ponto de partida para a criança desenvolver a escrita e ter o controle do lápis na mão, desenvolvendo a percepção do que deve ser feito, e não somente rabiscar, pois tenho alunos de 2 anos e meio que já cobrem o pontilhado perfeitamente.

Municipal De extrema importância para que a criança adquira mais segurança no seu traçado.
Utilizo sim porque só colabora num melhor desempenho dos meus alunos.



Municipal Pode ser utilizado também quando outras formas de desenvolvimento do controle não estiver funcionando.



Particular Ainda adoto mas não tenho segurança se ajuda ou não no desenvolvimento da coordenação motora.







Municipal Depende da criança, das dificuldades que encontramos em sala de aula, acho que se necessário for podemos aplicar sim.



Municipal Penso que, quando a criança não tem “dificuldades”,não precisa de pontilhados,pois deixo-a fazer da forma que consegue e depois vou trabalhando o traçado correto e na linha. Mas quando tem “dificuldade”, aí sim, eu uso o pontilhado para poder aprender a fazer de acordo com a norma.



Municipal Eu sempre fui a favor do uso do pontilhado na educação infantil, é a primeira escrita da criança, é um norte, desenvolver a coordenação motora da criança é a peça chave para desenvolver outras atividades.

Municipal Acho interessante! Enquanto a criança está desenvolvendo a coordenação viso motora está aprendendo a temática que envolve no pontilhado desde que este seja desenvolvido numa perspectiva lúdica, onde a criança aprende brincando.



Particular Em nosso caso, ajuda muito, pois trabalhamos com crianças especiais, alfabetização e realfabetização de alunos com de dificuldades e distúrbios de aprendizagem.



Particular Acho válido pois serve como um ponto de partida para a criança, pois tudo é novo . O pontilhado vejo como um treinamento para que a criança comece a caminhar sozinha.



Particular Eu acho bem importante o uso do pontilhado, pois auxilia no desenvolvimento da escrita e na coordenação motora da criança. Acho inclusive que a linha Construtivista ficou um pouco mal esclarecida ou mal interpretada, pois alguns argumentos sobre a educação e os processos pedagógicos ficaram sem um norte certo. Antigamente…..la nos anos 60 e 70, precisávamos decorar e efetivamente aprender os conteúdos e se não soubéssemos, tínhamos que repetir de ano e aprender…hoje não é mais assim, com esta nova interpretação da rede escolar, a criança vai construindo seu conhecimento…mas é justo uma criança chegar ao 3º ano sem saber ler e escrever?? Hoje os alunos aprendem e logo esquecem. Bom não fugindo do assunto, acho super importante e relevante as atividades de pontilhado como falei no inicio da postagem…
Um grande abraço.



Particular Eu gosto porque ajuda na coordenação motora fina.



Particular Penso que não é errado trabalhar com pontilhados desde que não trabalhe só com o tradicional.
Favor me tirar esta dúvida.
Um abraço.



Municipal É muito bom, ajuda muito na coordenação motora dos alunos, seu blog é uma maravilha, aproveito muito as atividades e projetos.
Municipal Aqui na prefeitura de São Paulo, trabalhamos seguindo as orientações curriculares municipais, porém neste ano peguei uma turma totalmente sem limites tudo que eu dava referente a o.c. eles tinham dificuldades, comecei a dar atividades pontilhadas e deu um bom resultado muitas crianças estão escrevendo seu nome e algumas estão reconhecendo e escrevendo na fase pre silábica (turma Infantil I no inicio as crianças mal conseguia pegar no lápis). Aqui para nós, eu fico indignada com o uso de métodos para se ensinar a minha história de vida eu fui alfabetiza da no método tradicional ,meus pais eram analfabetos,tive que trabalhar muito cedo ,estudei fiz o normal sou professora só não estudo mais por falta de tempo e dinheiro








O uso do pontilhado é totalmente desnecessário na Educação Infantil, pois a criança tem capacidade total de traçar linhas, letras sem esse tipo de prática, desde que seja bem trabalhada a coordenação motora com outros tipos de atividades muitos menos mecânica e cansativas para as criança. Sou professora de crianças de 3 anos e não uso ,esse tipo de atividade para desenvolver a coordenação motora fina nos alunos prefiro trabalhar com massinha de modelar, recorte e colagem jogos de encaixe, alinhavo e etc, que fazem muito mais efeito e é muito mais prazeroso para criança. Acho que o uso de pontilhado mais adequados para salas psicopedagógicas no desenvolvimento de crianças com dificuldades de escrita.



Municipal Na minha opinião é absolutamente desnecessário o uso do pontilhado; por quê? porque a criança aprende muito mais e mais rápido, construindo o seu aprendizado, fazendo do seu jeitinho e alcançando a excelência aos poucos com ludicidade que traz segurança e conforto para sua adaptação nessa fase.

ONG ou Filantrópica



É uma forma de se trabalhar a escrita fina, mais concordo que é muito difícil para as crianças conseguirem , se houver um outro método vou ficar feliz em saber.





Particular Eu costumo usar. Percebi que quando o aluno me observa realizando a atividade, posteriormente, ele a desenvolve com mais facilidade. Mas a uma outra estrategia que vendando certo, Primeiro contorno a letra com o dedo ou lápis, depois reproduzo com uma caneta sem tinta a letra, deixando a marca e posteriormente o aluno consegue reproduzir a letra. Por fim, desenho no quadro a letra trabalhada e eles me acompanham.
   
Municipal Acredito no pontilhado, para mim funciona como uma caligrafia e as crianças traçam com mais facilidade e assimilam muito mais rápido a escrita. .Hoje nossos jovens e adultos escrevem mal porque não foram cobrados no traçado correto das letras e chegam até se envergonhar de suas escritas.



Percebi, que as opiniões são bem diversificadas e muitos profissionais estão em dúvida quanto a essa questão. O método tradicional e construtivista se transpassam entre si, a depender da dificuldade da criança podemos diferenciar esses métodos. Isso me intriga, pois tanto se fala em construtivismo e tradicionalismo, e muito pouco se entende, o método tradicionalista é mecânico, e construtivista é desafiador, posso eu me enquadrar em qual desses métodos?
Não existe uma lei que exija tal método para uma escola, afinal, cada criança é um ser único em transformação constante, e para seu desenvolvimento ser pleno precisamos desenvolvê-lo em todas as áreas.
Mas de fato a coordenação motora fina é auxiliado pelo uso do pontilhado, mas não podemos exclusivamente nos limitarmos aos pontinhos, pois é enfadonho, e muitas vezes cansativo, chegando ao ponto das crianças o fazerem de forma robotizada,  mas posso desenvolver uma excelente aula usando um entre meio do que é tradicional e construtivista, da mesma forma que considero o construtivismo equivocado, pois foi mal esclarecido.
Digo isso porque em algumas escolas  o construtivismo foi implantado de forma radial, deixando o professor sem saber o que fazer, é preciso mais estudos e formação continuado para reforçar e implanta construtivismo de forma eficiente.
Mas, a criança tem que fazer o que mais gosta, brincar. E na educação infantil a melhor maneira de aprender é brincando, trabalhando a ludicidade de forma inteligente e pontilhado de forma eficiente, conhecendo a criança e o seu entorno,  juntando experiencias e conhecimento o resultado sempre será satisfatório.

Temas relacionados

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.